9 produtos encontrados.
1
Ordenar por:
9 produtos encontrados.
1
Ordenar por:

A história da Seiko começa em 1877 quando Kintaro Hattori, com 17 anos, montou uma oficina de reparo de relógios e obteve grande sucesso. Em 1881, ele abriu uma pequena loja de relógios e jóias em Tóquio, era a K. Hattori & Co. A experiência com a manutenção fez com que Hattori se interessasse em produzir seus relógios. Em 1892 ele contratou o seu amigo e engenheiro Tsuruhiko Yoshikawa e assim abriu a sua fábrica. Com seus dez funcionários, após dois meses de funcionamento, a Seikosha ("Seiko" significa "excelente" e "Sha" significa "casa") produziu seus primeiros doze relógios de parede.</o:p>

A produção de relógios de parede crescia bem, mas Hattori assumiu o desafio de criar relógios de bolso, o que levou três anos. Em 1895 foi lançado o Timekeeper e com ele a empresa se tornou pioneira no Japão. Em 1899, a Seikosha lançou o primeiro relógio com despertador, e em dois anos vieram os relógios de mesa e os musicais.</o:p>

A Seikosha desejava lançar um relógio de pulso, mas percebeu que teria que fabricar todos os componentes para poder permanecer à frente de seus concorrentes. Em 1913, já produzindo todas as peças, a Seikosha lançou o Laurel, o primeiro relógio de pulso japonês. No ano seguinte se iniciou a Primeira Guerra Mundial, onde o Japão era aliado dos Estados Unidos, da Inglaterra e da França, foi um período de grande crescimento para a Seikosha, já que ela exportava seus relógios para os aliados. Após a guerra, em 1921, a empresa já produzia um milhão de relógios de parede.</o:p>

Foi somente em 1924 que o nome SEIKO foi utilizado pela primeira vez em relógios de pulso, nessa época a marca já havia se consolidado por sua qualidade no mercado japonês, porém não conseguia competir com as grandes e tradicionais montadoras suíças. Durante a Segunda Guerra Mundial a Seiko forneceu cronômetros marítimos e detonadores, o que fez com que o crescimento fosse suspenso. Em 1945 um bombardeio destruiu a principal fábrica da Seiko. O negócio precisou ser reconstruído e já no ano seguinte a produção foi retomada. Dois anos mais tarde foi lançado o "Super", o primeiro relógio de pulso com três ponteiros. Em meados dos anos 60, a Seiko já estabelecia subsidiárias em outros países, como Estados Unidos, Canadá, Alemanha e Inglaterra.</o:p>

Na segunda metade do século XX houve uma revolução no segmento dos relógios, liderada pelos japoneses. A Seiko cresceu de forma massiva pelo mundo, sempre criando tendências. A marca lançou relógios que inovaram tanto em design quanto em tecnologia, como por exemplo, o primeiro relógio à quartz do mundo; o primeiro relógio com funções digitais computadorizadas; o primeiro relógio com gravador de som; o primeiro relógio automático à quartz; e o primeiro relógio movido a calor corporal, o Seiko Thermic.</o:p>

A qualidade e precisão da Seiko é tão grande que a marca já foi adotada em várias edições dos Jogos Olímpicos e da Copa do Mundo de Futebol da FIFA. Desde 1985, a Seiko é a marca oficial de medição de tempo de todas as provas organizadas pela IAAF, a Associação Internacional de Federações de Atletismo.?